Receba dicas grátis!

Como funciona um cofre mecânico

Na hora de proteger elementos como joias, dinheiro e até armas, é fundamental escolher um lugar seguro. É isso que impede que pessoas não autorizadas tenham acesso a seus pertences, de modo a garantir a total conservação dos bens.

Os cofres surgem como soluções consagradas, práticas e que se adaptam a diferentes necessidades. Entre os vários tipos disponíveis, o cofre mecânico está entre os mais populares.

Para tomar uma decisão adequada, é fundamental entender como é o funcionamento desse elemento e como ele pode te ajudar. Por isso, veja mais sobre essa questão e entenda o que deve ser considerado!

O que é um cofre mecânico?

Por definição, os cofres são locais em que é possível manter os itens em segurança. Embora nesse ponto todos sejam iguais, o mecanismo de funcionamento varia, criando vários tipos.

O cofre mecânico é um modelo que não exige nenhum dispositivo extra ou recurso como pilhas, baterias ou painel eletrônico. É uma opção clássica, fácil de ser encontrada e que tem grande funcionalidade.

Foi o primeiro a existir e, ainda hoje, é um dos mais vendidos justamente por causa de seu conjunto de características.

Quais são os modelos disponíveis?

Tradicionalmente, há aquela ideia de um cofre na parede, atrás de um quadro ou de uma porta falsa do armário.

Embora o cofre mecânico apareça nesse modelo comum, atualmente ele surge em formas diferenciadas para atender a várias necessidades.

Ele pode aparecer, por exemplo, em formatos menores, tornando-se móvel e servindo até para viagens. Da mesma forma, há modelos voltados para carregar no carro e manter os principais pertences em total segurança.

Para quem deseja algo ainda mais discreto, há os que se parecem com tomadas, de modo que a garantir o total disfarce para quem não sabe que o item está presente em um cômodo.

Como funciona um cofre desse tipo?

Mas, afinal, como é o funcionamento desse elemento? Justamente por se tratar de uma opção clássica, essa questão é bem simples.

O mais comum é que ele possua uma fechadura especial, que só pode ser aberta com uma chave específica. Devido à combinação para formar a chave, não é possível arrombar o item.

Há, ainda, a possibilidade que tem uma espécie de segredo manual. Ele se baseia em uma combinação de números, exigindo que o mecanismo seja girado para formar a sequência numérica.

Nesse caso, há uma divisão no disco que vai de 0 a 99. A partir da movimentação, é possível definir a sequência e usá-la posteriormente para a abertura.

Em qualquer um dos casos, o item é feito com material reforçado e inviolável. Assim sendo, não é viável fazer a abertura sem a chave, o segredo ou sem destruir o que há dentro. Com isso, há um desestímulo às tentativas de invasão.

Além de tudo, o funcionamento faz com que esse modelo não dependa de energia elétrica ou de carregamento de bateria. Com isso, é funcional em qualquer condição, mesmo em situações adversas.

Como não possui sistema eletrônico, não pode ser invadido por meio de códigos maliciosos, garantindo a total segurança.

Agora que você já sabe como funciona um cofre mecânico, pode considerar adquirir um desse tipo para que ele atenda às suas principais necessidades.

Caso ainda tenha alguma questão sobre esse tema, use o espaço dos comentários e participe!

Adicionar comentário